PRATIQUE PILATES | INDICAÇÕES

FIBROMIALGIA

PRATIQUE PILATES
INDICAÇÕES

FIBROMIALGIA

O termo fibromialgia refere-se a uma condição dolorosa generalizada e crônica

É considerada uma síndrome porque engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição, distúrbios do sono.

A fibromialgia é uma doença do sistema nervoso central que afeta em quase sua totalidade as mulheres acima de 30 anos. A causa desta doença ainda é desconhecida, mas esta se caracterizada por uma alteração no sistema nervoso central, na qual as substâncias que devem estar em pequena quantidade no organismo estão em grande quantidade e vice-versa, isto porque o sistema nervoso central encontra-se desregulado.

O maior problema disto é que a serotonina é uma substância importante no organismo, ela regula a dor. Entretanto, no fibromiálgico a serotonina é quase inexistente e isto faz com que a pessoa sinta muita dor. É normal um fibromiálgico ficar repetindo “dói tudo”, a dor se espalha pelo corpo todo.

O que a pessoa sente?

A dor muscular é uma manifestação muito freqüente na fibromialgia, podendo ser difusa ou acometer preferencialmente algumas regiões, como o pescoço e os ombros e então propagar-se para outras áreas do corpo. O paciente descreve sua sensação de dor das mais diferentes formas: desde um leve incômodo até uma condição incapacitante. Por vezes relata ardência, dor em pontadas, rigidez, câimbras. Essas manifestações variam de acordo com o horário do dia, intensidade dos esforços físicos realizados, condições climáticas, aspectos emocionais e ligados ao padrão do sono. Apesar de a fibromialgia poder apresentar-se de forma extremamente dolorosa e incapacitante, ela não ocasiona comprometimento das articulações e não causa deformidades.

A partir daí, nada mais funciona direito, pois esta pessoa se torna um ser repelido por todos que a rodeiam, desde colegas, profissionais até a família, uma vez que ela se torna pessoa “chata” que só reclama da dor, do cansaço, não consegue se exercitar porque se cansa muito facilmente, o corpo todo dói, tem dificuldades para dormir um sono longo que nos prepara para o dia seguinte, um sono que nos deixa animado e com energia para acordar bem, um sono que elimina o cansaço do dia anterior, um sono relaxante e repousante. Esta pessoa acorda toda hora e não consegue dormir, passa a noite toda acordada e, assim sente o corpo mais dolorido, mais cansado.

Além disso, em função de todos os sintomas ela tende a ficar mais chata, intolerante, impaciente, irritada, depressiva, os medicamentos não conseguem nem promover alívio.

Em geral, a atividade profissional fica comprometida, esta pessoa pode evoluir tão mal que acaba perdendo o emprego, os amigos e familiares, sendo que, não raras vezes, a pessoa fica de cama, não consegue mais se locomover devido à dor, cansaço e depressão.

Por que praticar Pilates?

A melhora só é possível através da atividade física, pois ocorre uma regulação no sistema nervoso por conta do exercício, no qual a pessoa termina a atividade se sentindo muito bem, com bom humor, disposição, alegria, menos dor, menos cansaço e consegue o melhor de tudo: Dormir bem!

Só que a atividade física tem que ser orientada, conduzida de forma lenta e progressiva, para que diminua a sua fadiga e aumente o nível de serotonina, aquela substância já mencionada, que controla a dor. Assim a pessoa vai começar aos poucos se exercitar e aos poucos vai diminuindo a dosagem dos medicamentos que são a base de antidepressivos

Por isto, a importância de se praticar o Pilates, que é individual e de acordo com a possibilidade e condição do aluno.

O termo fibromialgia refere-se a uma condição dolorosa generalizada e crônica

É considerada uma síndrome porque engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição, distúrbios do sono.

A fibromialgia é uma doença do sistema nervoso central que afeta em quase sua totalidade as mulheres acima de 30 anos. A causa desta doença ainda é desconhecida, mas esta se caracterizada por uma alteração no sistema nervoso central, na qual as substâncias que devem estar em pequena quantidade no organismo estão em grande quantidade e vice-versa, isto porque o sistema nervoso central encontra-se desregulado.

O maior problema disto é que a serotonina é uma substância importante no organismo, ela regula a dor. Entretanto, no fibromiálgico a serotonina é quase inexistente e isto faz com que a pessoa sinta muita dor. É normal um fibromiálgico ficar repetindo “dói tudo”, a dor se espalha pelo corpo todo.

O que a pessoa sente?

A dor muscular é uma manifestação muito freqüente na fibromialgia, podendo ser difusa ou acometer preferencialmente algumas regiões, como o pescoço e os ombros e então propagar-se para outras áreas do corpo. O paciente descreve sua sensação de dor das mais diferentes formas: desde um leve incômodo até uma condição incapacitante. Por vezes relata ardência, dor em pontadas, rigidez, câimbras. Essas manifestações variam de acordo com o horário do dia, intensidade dos esforços físicos realizados, condições climáticas, aspectos emocionais e ligados ao padrão do sono. Apesar de a fibromialgia poder apresentar-se de forma extremamente dolorosa e incapacitante, ela não ocasiona comprometimento das articulações e não causa deformidades.

A partir daí, nada mais funciona direito, pois esta pessoa se torna um ser repelido por todos que a rodeiam, desde colegas, profissionais até a família, uma vez que ela se torna pessoa “chata” que só reclama da dor, do cansaço, não consegue se exercitar porque se cansa muito facilmente, o corpo todo dói, tem dificuldades para dormir um sono longo que nos prepara para o dia seguinte, um sono que nos deixa animado e com energia para acordar bem, um sono que elimina o cansaço do dia anterior, um sono relaxante e repousante. Esta pessoa acorda toda hora e não consegue dormir, passa a noite toda acordada e, assim sente o corpo mais dolorido, mais cansado.

Além disso, em função de todos os sintomas ela tende a ficar mais chata, intolerante, impaciente, irritada, depressiva, os medicamentos não conseguem nem promover alívio.

Em geral, a atividade profissional fica comprometida, esta pessoa pode evoluir tão mal que acaba perdendo o emprego, os amigos e familiares, sendo que, não raras vezes, a pessoa fica de cama, não consegue mais se locomover devido à dor, cansaço e depressão.

Por que praticar Pilates?

A melhora só é possível através da atividade física, pois ocorre uma regulação no sistema nervoso por conta do exercício, no qual a pessoa termina a atividade se sentindo muito bem, com bom humor, disposição, alegria, menos dor, menos cansaço e consegue o melhor de tudo: Dormir bem!

Só que a atividade física tem que ser orientada, conduzida de forma lenta e progressiva, para que diminua a sua fadiga e aumente o nível de serotonina, aquela substância já mencionada, que controla a dor. Assim a pessoa vai começar aos poucos se exercitar e aos poucos vai diminuindo a dosagem dos medicamentos que são a base de antidepressivos

Por isto, a importância de se praticar o Pilates, que é individual e de acordo com a possibilidade e condição do aluno.

AGENDE UMA AULA AGORA

Encontre o studio mais próximo de você e agende uma aula experimental.